Está preso na Delegacia de Piraquara o segundo acusado de participar do triplo homicídio ocorrido na madrugada do último domingo na Vila Macedo, naquele municipio. O manobrista Márcio Marcelo Pedroso, 31 anos, é apontado como um dos três homens que cometeram a chacina. Um revólver calibre 38, registrado em nome dele e que teria sido usado nos crimes, foi apreendido para o exame de balística.

Um dos suspeitos do crime, o vigilante Claudecir da Silva, 31 anos, está preso em Francisco Beltrão, Sudoeste do Estado. Com base no depoimento dele e nas investigações da delegacia de Piraquara, foram expedidos mandados de prisão contra Marcelo e o irmão de Claudecir, o manobrista Claudair da Silva, 27 anos. Este último deve se apresentar à polícia no início da semana que vem, segundo Paulo Roberto Mesquita, superintendente da DP de Piraquara.

Marciel Inácio Dias, 19 anos, Helisson Henrique Azevedo, 17, e Cristiano César da Silva, 19, foram mortos com tiros na cabeça, disparados a curta distância. Ivanildo Inácio Dias, 21 anos, irmão de Marciel, foi o único sobrevivente das execuções e continua internado no Hospital Cajuru.