O terceiro envolvido na morte de João Maria Ferreira de Lima, 56 anos, na madrugada de quarta-feira, em Araucária, foi preso horas depois do crime pela Polícia Civil. Cyro Daniel Galvão de Godói e dois garotos, de 17 anos, mataram o homem a golpes de chave de fenda, porque a vítima denunciou que eles furtavam combustível dos vagões de trem no Jardim Alvorada.

Um dos adolescentes foi assassinado com tiros na cabeça, horas depois, no bairro Santa Regina. O filho de João Maria, Adam Ferreira de Lima, 22 anos, se apresentou na delegacia e confessou que matou o assassino no pai. A arma usada foi encontrada pelos investigadores e apreendida.

Como não estava em período de flagrante e não tinha mandado de prisão expedido, Adam foi liberado e responde pelo crime em liberdade. Cyro e o outro adolescente, que também foi detido, responderão pela coautoria no assassinato de João, já que agrediram a vítima.