Acusado de ser um dos assassinos de Elias Silveira, 27 anos, Cleiton Machado, 25, foi preso por policiais da Delegacia de Homicídios, na manhã de segunda-feira. Ele estava com prisão preventiva decretada. Na casa dele, os policiais acharam um revólver calibre 38, com a numeração lixada.

A polícia apurou que, por volta das 21h30 de 3 de novembro do ano passado, Elias foi até a Rua Ari Claudino Ziemer, no Pinheirinho, para buscar seu carro, quando foi cercado por Cleiton e seu sobrinho Everson de Oliveira Machado, 20, que o executaram. Everson foi assassinado em 8 de junho. Cleiton foi interrogado e negou sua participação na morte de Elias, atribuindo a autoria do homicídio ao sobrinho.