Um terceiro suspeitos de assaltos a lotéricas em Curitiba foi preso por investigadores da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), na tarde de quinta-feira. Sérgio de Souza Leal, 34 anos, confessou que é amigo dos irmãos Lucas e Gilmar Jambeiro, presos segunda-feira, mas garante que nunca participou dos roubos. “Ele será submetido a reconhecimento para verificar o envolvimento dele”, explica o delegado-titular da DFR, Rodrigo Brown.

Sérgio foi preso no Cajuru, com um revólver calibre 38, com numeração raspada. Ele evadiu-se da Colônia Penal Agrícola, onde cumpria pena por roubo e receptação, no começo do ano.

Comparsas

Os irmãos Jambeiro, localizados pela polícia depois que Gilmar deixou cair a carteira de habilitação durante a fuga, aparecem claramente nas imagens do circuito interno de segurança de algumas lotéricas. Eles confessaram os crimes. “A cada roubo, os irmãos traziam comparsas diferentes”, afirma o delegado.

Quem reconhecer Sérgio por algum crime ou souber de comparsas dos irmãos deve fazer denúncias anônimas pelos telefones 3218-6100 ou 181.