Cerca de 70 policiais civis do Núcleo de Londrina da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) deflagraram,  na manhã desta quinta-feira (12), a Operação Hera na cidade de Cambé, realizando o cumprimento de 18 mandados de prisão pelos crimes de tráfico de drogas e associação para os fins de tráfico de drogas. Os mandados foram expedidos pela Vara Criminal de Cambé.

Todos os presos integram a mesma quadrilha é são responsáveis pelo comércio de drogas a dependentes químicos que buscavam a substância no Jardim Ana Rosa e principalmente para caminhoneiros que transitavam na região e permaneciam em repouso nas imediações do bairro.

As investigações tiveram início em meados de fevereiro, após a apreensão de 8 quilos de cocaína em poder de um homem em Cambé, e possibilitaram o desmantelamento integral do bando.

Foram presos desde os lideres que compravam a droga e impunham o controle do tráfico na região até os responsáveis pelo comércio final aos dependentes químicos, conhecidos vulgarmente como “aviõezinhos”.

Para manter o controle do tráfico na região do Jardim Ana Rosa, os lideres da quadrilha, Valdir Coelho e Adriano Martins, faziam uso de graves ameaças e também de violência contra aqueles que deixavam de pagar drogas adquiridas ou que tentassem dominar o ponto de traficância que pertencia a eles. Inclusive durantes as investigações, os dois foram presos pelo crime de homicídio.

Mesmo recolhidos em cadeias públicas, Coelho e Martins continuaram a exercer o controle do tráfico de drogas no local e contra os mesmo também foram cumpridos mandados de prisão por este crime. Agora ficarão recolhidos para o cumprimento de penas pelos crimes de homicídio e tráfico de drogas.

Foram neta quinta: Jair Dias Do Nascimento Junior, Daniel Lucas, Silvio Kelcheski, Juliana Marrafon, Gleisi Marques Olivato, Eder Lucas Rodrigues, Jonh Claudio Barbosa, Alex Alves dos Santos, Cristiano Aparecido Reis, Tatiane Farinha Severino, Francieli Sontack e Tiago Vieira dos Santos.

Já estavam presos e tiveram também mandados de prisão expedidos Adriano Martins Gouveia, Valdir Coelho dos Santos, Marcos Eugenio, Bruno Teijo, Marcelo Alves dos Santos e Ricardo Henrique da Costa.