A Delegacia de Wenceslau Braz, no Norte Pioneiro, prendeu na madrugada da quinta-feira (18) quatro pessoas acusadas de tráfico de drogas na cidade. Com eles, foram apreendidos 150 gramas de crack e R$ 8 mil. Os acusados são Reginaldo Camargo da Silva, Valdinei Gonçalves e suas respectivas esposas, Ângela Vicente e Fabricia Silveira Rocha.

“Nesse grupo, as mulheres embalavam as drogas para serem vendidas na rua pelos seus maridos. Reginaldo ainda usava um filho, de 16 anos, para fazer as entregas. Por dia, eles movimentavam cerca de R$ 1 mil”, detalhou o delegado Dirceu Damasceno.

Os dados da investigação policial apontam que os detidos têm ligação com uma quadrilha que controla o comércio de drogas de dentro da cadeia de Cornélio Procópio. Há cerca de 20 dias, a polícia prendeu três pessoas da mesma quadrilha na cidade, apreendendo, na ocasião, 5 quilos de maconha, 44 pedras de crack e duas armas.

“Já vínhamos investigando o Reginaldo há três anos, mas sempre que cumpríamos os mandatos de busca e apreensão na sua casa nada era encontrado. Nossa suspeita é de que ele recebia informações privilegiadas”, afirmou o delegado Damasceno. “Novas prisões devem ser feitas nesse caso nos próximos dias”.

Os quatro detidos serão indiciados pelos artigos 33 e 35 da lei de tóxicos, referentes aos crimes de tráfico e associação para o tráfico. Nos últimos 5 meses, através do trabalho conjunto que a 36º Delegacia Civil vem fazendo com a Polícia Militar no Norte Pioneiro, já foram presos e indiciados 28 suspeitos de tráfico na região.