Policiais civis do Grupo de Diligências Especiais da 15ª Subdivisão Policial de Cascavel, em conjunto com policiais de Corbélia, prenderam um homem suspeito de uma tentativa de assalto e um homicídio. Mário Pereira, 31 anos, foi preso na tarde de quarta-feira (19) em cumprimento a um mandado expedido pela Justiça.

Pereira é o principal suspeito de matar o comerciante Paulo César Wilsen, 22 anos, durante uma tentativa de assalto ao mercado do empresário na noite do dia 12 de agosto, na cidade de Corbélia. O suspeito estava escondido em uma residência no bairro Periolo, em Cascavel.

O crime aconteceu quando Pereira e mais um homem entraram no comercio, sendo que um deles usava uma máscara de proteção para a gripe H1N1. Eles deram voz de assalto e pegaram a carteira do pai da vítima, que pediu que eles devolvessem os documentos.

Os assaltantes se negaram a devolver e saíram. A vítima saiu correndo atrás deles e acabou levando dois tiros. Um dos disparos atingiu o tórax, na altura do coração, e o outro a perna. Wilsen morreu na hora e os assaltantes não levaram nada.

Segundo o delegado de Corbélia, Pedro Fernandes de Oliveira, que coordenou as investigações, a prisão só foi possível com participação da comunidade tanto no reconhecimento do suspeito quanto em fornecer a localização dele.

Pereira tem várias passagens pela polícia e é foragido da Colônia Penal Agrícola de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba.