Em patrulhamento pelas ruas do Largo da Ordem, no centro de Curitiba, guardas municipais detiveram dois homens e duas mulheres com mais de 300 pedras de crack, na tarde de ontem.

O grupo estaria vendendo o entorpecente dentro de um bar, na Travessa Nestor de Castro. Márcio da Silva, 29 anos, foragido da Colônia Penal Agrícola (CPA), era suspeito de ser o dono da droga. Todos foram encaminhados ao Ciac Sul, anexo ao 8.º Distrito Policial, no Portão.

“Estávamos circulando pelo centro, principalmente na região do Largo da Ordem, onde há muito tráfico de drogas, e suspeitamos do grupo, parado em frente a um bar. Quando fomos abordá-los, um dos rapazes correu para dentro do estabelecimento”, relatou Aparecido, supervisor da Guarda Municipal.

Jaqueta

A droga foi encontrada no bolso de uma jaqueta cor-de-rosa, que estava sobre uma das mesas do bar. De acordo com o guarda, a blusa seria de uma mulher, de 34 anos, que estaria ajudando Márcio a guardar a droga. Os dois foram detidos, assim como um casal de usuários que os acompanhava. A droga estava dividida em vários saquinhos e, ao todo, poderia ser transformadas em aproximadamente 350 pedras pequenas, cada uma no valor de R$ 10.