Em operação de rotina, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu anteontem na BR-163, em Guaíra, um automóvel Celta com placas de Sarandi. No interior do tanque de gasolina do veículo foram encontrados 10,340 quilos de crack.

O automóvel foi parado por agentes da PRF na saída de Guaíra, oeste do Estado, para uma fiscalização de rotina. A estrada é muito utilizada por traficantes para o transporte de drogas e mercadorias ilegais. Após revista realizada no veículo, foram encontrados 10 quilos da droga escondidas no interior do tanque de combustível.

O motorista, Nivaldo Ferreira da Silva, 30, e outras duas passageiras, M.S.P., 40, irmã do motorista, e uma menor de 13 anos, identificada como sobrinha do condutor, foram autuados e encaminhados para a delegacia da Polícia Federal (PF) em Guaíra.

Após prestarem depoimento a PF, as duas mulheres que acompanhavam Silva foram liberadas e puderam seguir viagem. Não há informações para onde a droga estaria sendo levada para ser distribuída.

Versão do preso

De acordo com o preso, o veículo foi pego próximo à rodoviária de Maringá, provável destino da droga, e levado até Salto Del Guairá, no Paraguai. Enquanto faziam compras, o crack foi alocado. Sem passagem pela polícia, ele agora vai possivelmente, segundo a PF, responder por tráfico internacional de drogas.