A promotora de Justiça da 2.ª Vara do Tribunal do Júri de Curitiba, Lúcia Inez Giacomitti Andrich, finalizou ontem a análise da defesa apresentada pelo advogado do ex-deputado estadual Luiz Fernando Ribas Carli Filho, Roberto Brzezinski Neto.

A promotora discordou dos cinco pontos principais apresentados pelo advogado. Carli Filho se envolveu em um acidente no dia 7 de maio, no Mossunguê, e matou os jovens Gilmar Rafael Yared e Carlos Murilo de Almeida.

Brzezinski questionou os exames de dosagem alcoólica, pediu segredo de Justiça, questionou a legitimidade do Ministério Público para investigações e pediu a suspensão do processo. A promotora questionou, ainda, depoimentos de testemunhas solicitadas pelo advogado, como deputados.