Uma quadrilha especializada em bater carteiras foi desarticulada pela Divisão de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) em operação conjunta com a Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) de Curitiba. Os bandidos foram presos na última segunda-feira (15) e costumavam atuar dentro de ônibus do transporte coletivo da linha Santa Cândida/Capão Raso, conforme as investigações.

Os marginais foram descobertos após análise das câmeras de segurança instaladas em estações-tubo. De acordo com as imagens, os policiais constataram que a quadrilha “pegava” ônibus várias vezes por dia e sempre desembarcavam à esperava de novas vítimas. Eles se aproveitavam das aglomerações para agir.

A preferência dos malandros era por idosos. Isso porque, de acordo com o delegado Osmar Dechiche, essas pessoas prestam menos atenção e são mais vulneráveis. “Eles escolhiam bem as vítimas e são bem divididos. Podemos dizer que estes tinham como profissão o roubo, literalmente”.

Sete pessoas, integrantes de duas quadrilhas, foram presas em flagrante e foram autuados por furto qualificado e formação de quadrilha. Conforme o delegado, outras três quadrilhas foram identificadas e os policiais continuam atrás destas pessoas para prendê-las.