Quatro pessoas foram presas tentando sair do Brasil e entrar no Paraguai com grande quantidade de dinheiro, sem declarar à Receita Federal. Na manhã de terça-feira (20), um jovem, de 19 anos, foi flagrado com R$ 95 mil e um rapaz, de 26 anos, foi detido com R$ 80 mil.

Na manhã de hoje (21), militares do Exército Brasileiro detiveram um paraguaio, de 33 anos, com 250 mil dólares, que estavam grudados em seu corpo com fita adesiva. Também foi detido um libanês naturalizado paraguaio, de 45 anos, com R$ 40 mil escondidos no porta-luvas de um Vectra.

Todos foram abordados na Ponte Internacional da Amizade e levados à Delegacia de Polícia Federal, em Foz do Iguaçu, onde foram presos e indiciados no artigo 22 da Lei 7.492/86 (Colarinho Branco), que estabelece pena de reclusão, que varia de dois a seis anos e multa.