A desocupação de um prédio terminou com a prisão de quatro pessoas na manhã desta terça-feira (25), na região central de Londrina. No local funcionava o antigo Colégio Benjamin Constant.

Um oficial de justiça teria sido impedido de entrar com a notificação de despejo para um casal que estaria morando ilegalmente nos fundos do prédio. A Secretaria de Educação está reformando o prédio para reativá-lo como escola a partir de 2010.

Lúcia Aparecida Gomes teria saído sem problemas, mas Eliseu Querino Rodrigues, três amigos e alguns universitários que estavam no local resistiram e montaram uma barricada em frente ao prédio. Três estudantes e um caseiro foram encaminhados para a 10ª Subdivisão da Polícia Civil, onde preencheram um Termo Circunstanciado e foram liberados.

O prédio funcionava como um cursinho pré-vestibular até o final de 2008. Com o encerramento das atividades, os caseiros passaram a morar no local e estudantes universitários e crianças passaram a utilizar o prédio para fazer trabalhos, de maneira informal.