Lineu Filho
Jovem foi assassinado com vários tiros.

Namorar demais pode ter colaborado para a morte de Samuel da Silveira, 20 anos. No final da noite de segunda-feira, ele foi morto a tiros na Rua Diogo Mugiatti, próximo à Rua Laurindo Abelardo de Brito, Boqueirão. Acredita-se que o namorado de uma jovem que ele engravidou tenha relação com o crime.

Segundo apurações da Delegacia de Homicídios (DH), Samuel foi atingido por três tiros nas costas, um no braço esquerdo e outro no peito, disparados por uma arma calibre 22. Testemunhas viram dois ou três rapazes fugirem num Corolla preto. O veículo teria sido seguido por amigos da vítima em um Kadett, mas não há informação se eles alcançaram os bandidos.

Traição

O delegado Rubens Recalcatti conseguiu informações de uma conhecida da vítima, que contou que além de uma namorada “oficial”, Samuel teria se relacionado com outra jovem, que o procurou para dizer que estava grávida dele. O namorado da gestante teria descoberto a traição e planejado a execução.

Apesar das informações iniciais, a DH trabalha para identificar a outra namorada, o companheiro dela e os veículos. Samuel já tinha antecedentes criminais por roubo, envolvimento com drogas e formação de quadrilha. Chamou atenção da polícia as várias tatuagens que o rapaz tinha pelo corpo, entre elas, um palhaço tatuado na perna direita e uma metralhadora na esquerda.