Com um golpe de foice na cabeça, Reginaldo Izidoro, 25 anos, foi assassinado na rua principal da Colônia Marquês de Abrantes, zona rural de Tunas, 75 quilômetros ao norte de Curitiba. Eram quase 22h30 quando policiais militares foram chamados para separar uma briga, porém, quando chegaram Reginaldo estava morto.

Segundo os PMs, o rapaz morava na região, assim como o suspeito de matá-lo, identificado apenas como Cláudio, que fugiu antes da chegada das viaturas.

Testemunha

De acordo com investigadores da delegacia de Bocaiuva do Sul, que atende a região de Tunas, algumas pessoas foram intimadas para depor na próxima semana, entre elas, uma testemunha do crime.

Também informaram que Reginaldo era suspeito de participar de um homicídio e tinha sido pego com drogas meses atrás, mas não ficou muito tempo preso. Segundo a PM, o verdadeiro problema dele eram as brigas que se envolvia depois de beber.