Uma discussão resultou em um morto e dois detidos, às 22h de anteontem, na Vila Pantanal, Alto Boqueirão. Segundo testemunhas, Everton Jhonatas Rebelato, 19 anos, fazia manobras perigosas com o carro recém-comprado. Em uma delas, por pouco não atropelou uma criança. Os familiares ficaram irritados com o motorista imprudente e foram tirar satisfação.

Everton guardou o carro na garagem e quando saía de casa a pé, foi abordado pelos parentes do garoto. Houve bate-boca e briga, encerrados por dois tiros que tiraram a vida do rapaz, na Rua Desembargador Oscar Carvalho e Silva. Policiais militares do 20.º Batalhão chegaram no local e receberam a informação que os autores do crime seriam dois moradores da região.

Suspeitos

Segundo a tenente Aline Canfield, uma equipe foi até a residência indicada e prendeu os dois suspeitos. Eles foram colocados na viatura, sob ameaças de agressão por familiares de Everton. Cerca de uma hora depois, foram entregues ao Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac) Sul.

O delegado Jaime da Luz explicou que os rapazes foram liberados, pois o delegado de plantão no Ciac não entendeu que eles fossem os autores do crime. “Eles foram citados no boletim de ocorrência e serão intimados como testemunhas do homicídio”, explicou o delegado.