Um rapaz ainda não identificado foi assassinado na noite de anteontem, em Ponta Grossa, por três indivíduos que praticaram uma seqüência de assaltos na cidade. Os criminosos foram presos em flagrante, por policiais militares do 1.º Batalhão, quando dividiam as mercadorias roubadas, escondidos em um terreno baldio na Rua Bento Amaral, Vila Coronel Cláudio. Foram apanhados Carlos Alberto Pedroso, 30 anos, Paulo Sérgio de Mello, 18, e J.V.F.N., 16. Os três foram encaminhados para a 13.ª Subdivisão Policial e o menor deverá responder por ato infracional.

De acordo com informações apuradas pela Polícia Militar, os criminosos, armados com uma faca, abordaram a primeira vítima na Rua 12 de Outubro – centro da cidade – e após espancá-la, desferindo socos e pontapés, mataram-na a golpes de faca. O Siate chegou a ser acionado por populares, mas nada pôde fazer para salvar o agredido. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Ponta Grossa e até a tarde de ontem permanecia sem identificação.

Outros roubos

Depois do assassinato, o trio seguiu em sua rota criminosa e atacou Cláudio Camilo Costa, na Rua Conselheiro Barradas, próximo ao Terminal Central, de quem tomou objetos de uso pessoal e fez ameaças de morte. Dali os três seguiram para a Vila Coronel Cláudio, onde residem. PMs acionados pela vítima passaram a fazer buscas em toda a área, terminando por localizá-los. Os objetos roubados ainda estavam em poder dos criminosos, assim como a faca utilizada para o homicídio. Manchada de sangue, a arma estava no bolso do menor.

Segundo levantamento realizado pela agência local de inteligência do 1.º Batalhão, os presos estão envolvidos em vários assaltos, principalmente a pedestres, e também roubos a estabelecimentos comerciais em toda a região, especialmente no bairro Uvaranas. O menor, de acordo com a polícia, já possui antecedentes por arrombamentos, assaltos e agressões.

Estudante

Ainda quando estavam a procura dos autores do latrocínio, os policiais acabaram capturando outro assaltante. Trata-se de Márcio Campos, 20, que em companhia de outro indivíduo que conseguiu fugir, atacou a estudante Gleice Geraldo de Lara, que retornava da Universidade Estadual de Ponta Grossa. A jovem informou que os dois criminosos a renderam e tomaram sua bolsa, contendo documentos, talões de cheques e outros objetos. Márcio admitiu sua participação no crime e levou os PMs até o local onde havia escondido a bolsa da vítima. Ele também teve seu flagrante lavrado na 13.ª Subdivisão Policial.