Um rapaz foi raptado e executado a tiros na madrugada de ontem, em Curitiba. Pouco depois das 4h, o pintor Caio Murilo Pereira, 28 anos, foi retirado do veículo em que estava, na entrada do Conjunto Caiuá, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), e colocado em outro carro. No final da madrugada, ele foi encontrado morto, com tiros na cabeça e na barriga, na Rua Emérico Eduardo Singer, no Pinheirinho.

Investigadores da Delegacia de Homicídios apuraram que, durante a madrugada, Caio esteve numa danceteria. Ele saiu de lá acompanhado de dois amigos. Os três estavam num carro com placas de Joinville e, quando se aproximaram do viaduto do Caiuá, foram abordados por indivíduos num veículo escuro.

Familiares estiveram na Delegacia de Homicídios, mas não souberam dizer o que pode ter motivado o crime. No entanto, eles lembraram que Caio era ex-presidiário.