O nervosismo de um rapaz chamou a atenção de policiais militares do 12.º Batalhão que faziam ronda pela Rua Bispo Dom José, Batel, no fim de semana. O jovem e um colega dele empurravam uma motocicleta Honda Biz azul com alerta de furto.

Quando viram a viatura, Anderson Rodrigues de Souza, 23 anos, e Genilson da Silva dos Santos, 21, ficaram apavorados. Os dois foram abordados e a equipe descobriu que a moto de placas AKU-6459 era furtada. Anderson e Genilson foram encaminhados à Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) onde foram autuados por receptação pelo delegado Gerson Machado.

Compra

Segundo a polícia, Anderson confessou que havia comprado a moto por R$ 200 de um “nóia” (usuário de crack). Ele ainda disse que seu colega, Genilson, estava apenas de carona e não sabia do furto.