Enquanto aguardava os dois cachorros-quentes que pediu numa barraca de lanches, o estudante do ensino médio Paulo Fernando dos Anjos, 23 anos, o “Paulinho”, foi assassinado. Mesmo depois de a vítima cair no chão, o assassino ainda lhe deu mais tiros. O crime foi às 21h de ontem, na Rua Anne Frank, Boqueirão, atrás das canchas de futebol Sports 2000. Acredita-se num assassinato por encomenda.

Pelo menos 10 tiros foram ouvidos. Kelly Beatriz, dona da banca de cachorro-quentes contou que um homem se aproximou, olhou para o estudante e disse: “É você mesmo”. Depois, começou a atirar. Kelly disse que não conseguiu ver o bandido nem se estava acompanhado, pois logo que ouviu o primeiro disparo se abaixou.

Câmeras

A banca ficou perfurada por dois disparos. Apesar do grande movimento de pessoas entrando e saindo da quadra, ninguém mais viu o ocorrido. Imagens das câmeras de segurança da Sports 2000 devem ser solicitadas pela polícia.

Paulo saiu do Exército há poucas semanas. Ele tinha passagem pela polícia por violação de domicílio, furto e porte ilegal de arma. Morador na Rua Parigot de Souza, no Sítio Cercado, era solteiro, mas tinha um filho de três anos.