Figura conhecida pela polícia, Leonardo Daniel da Silva, 22 anos, que já esteve preso seis vezes nos últimos quatro anos, conseguiu a sétima autuação na noite de quarta-feira (16). Ele foi detido no bairro Xaxim, quando dirigia um veículo roubado de um coronel do Exército, de 78 anos. No dia do assalto, o coronel foi agredido com coronhadas e o filho dele foi arrastado ao tentar segurar o veículo.

O Fox prata que estava com Leonardo foi roubado no dia 1º de março, no bairro Ahu. “Foi um caso que chocou a população na época”, comentou o delegado Matheus Laiola, do 7º Distrito Policial.

Não foi reconhecido

O suspeito disse aos policiais que comprou o carro por R$ 2.500. Com Leonardo, foram encontradas cinco outras chaves de carros que, segundo ele, vieram dentro do Fox. O rapaz não foi reconhecido pela vítima como autor do roubo. “Já achamos o receptador, que é o Leonardo, e agora vamos atrás dos autores desse crime”, afirmou o delegado.

Na casa de Leonardo, foram apreendidos diversos produtos cosméticos, como cremes e perfumes, que a polícia acredita que podem ter sido furtados ou roubados. “A gente acredita que ele faz parte de uma quadrilha de roubos a veículos e residências”, comentou Matheus.

Veículo foi recuperado, mas Leonardo não foi reconhecido pelas vítimas. Foto: Giuliano Gomes