Um rapaz foi preso em flagrante por roubo, ao meio-dia desta sexta-feira (5), em Curitiba. O que chamou a atenção, no entanto, foi o objeto de roubo: uma serpente do Passeio Público. Renato Serra, de 32 anos, chegou ao terráreo com um martelo, quebrou o vidro e levou o animal. Na saída, foi visto na rua pelos transeuntes com o pobre bicho dentro de uma garrafa pet de dois litros.

Osvaldo Ribeiro/AEN
Renato Serra, autor de um dos mais estranhos roubos já vistos em Curitiba

A Guarda Municipal, avisada pela população, encontrou o ladrão e o prendeu em flagrante. Renato teve que ser encaminhado ao posto de saúde para tratar um corte na mão feito ao quebrar a vidraça de proteção. Ele afirmou que foi mordido pela cobra, mas os biólogos da Passeio Público confirmaram que não se tratava de um animal peçonhento. Sobre os motivos da tão inusitada atitude, respondeu à repórter da Rádio CBN: “Eu gostei dela. Queria ficar com ela por dois dias e depois devovê-la”, disse.

Enquanto a cobra já foi devolvida ao seu lugar, o intrépido ladrão foi para o 1º Distrito de Polícia Civil, onde se encontra preso. Segundo informações da polícia, Renato afirma trabalhar em uma chácara. Ele será indiciado acusado de furto qualificado.