t72041204.jpg

Celso de Souza e Marcelo Wolmar da Silva.

A denúncia de que um carro tomado em assalto estava circulando pelas ruas do Jardim Itatiaia, Cidade Industrial, levou policiais da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos a prender um homem na noite de quinta-feira. Marcelo Wolmar da Silva, 26 anos, está no xadrez da DFRV, mas alega inocência. De acordo com o investigador Costa, após a denúncia, uma equipe da especializada se deslocou até a Rua Cidade Gaúcha, onde localizou a Ipanema vermelha, placa MAX-2308, ocupada por dois indivíduos. Houve perseguição policial e a Ipanema, que havia sido tomada em assalto no dia 30 de novembro, foi abandonada nas imediações. Os investigadores continuaram as diligências pela região e localizaram Marcelo, que foi preso. O seu companheiro, identificado como Celso de Souza, conseguiu escapar. Marcelo, que vive em Foz do Iguaçu, tem antecedentes criminais naquela cidade por porte ilegal de arma, roubo e furto.

Engano

De acordo com o detido, ele havia chegado de Foz de Iguaçu e foi visitar uma amiga que é casada com Celso. Quando terminou a visita, Celso se prontificou a dar uma carona até um terminal de ônibus próximo. Nesse trajeto, a Ipanema em que eles estavam começou a ser perseguida pela polícia e na seqüência houve a prisão. "Não devo nada. Era a primeira vez que via o cara e caí numa enrascada sem saber", explicou.

Os policiais – Fabiano, Festa e Costa – continuaram as investigações e, no apartamento de Celso, localizaram vários objetos que foram roubados de uma residência no bairro São Lourenço, no dia 30. Inclusive, foi nesse assalto que a Ipanema foi levada pelos marginais. A DFRV está atrás de Celso e quem tiver informações sobre o paradeiro dele pode passar informações para a delegacia através do telefone 329-6744.