Horas depois de João Carlos da Silva Klenke, 28 anos, sair de casa, acompanhado de dois amigos e uma mulher, sua esposa recebeu a notícia de que ele estava morto na Rua Capitão Tobias de Camargo, Cidade Jardim, em São José dos Pinhais. Ele foi assassinado na tarde de domingo.

O superintendente Altair Ferreira, da DP local, disse que os policiais apuraram que João estava em sua casa, naquela rua, quando chegaram dois homens, que seriam seus amigos, e uma mulher. Eles teriam chamado João Carlos para sair, por volta das 14h30. Às 19h, a mulher ouviu tiros. Logo depois, uma pessoa avisou que João estava morto, a três quadras dali. ?Estamos procurando os amigos e a mulher que estavam com ele?, informou Altair.