policia250705.jpg

Rodrigo provocava o rival há muito tempo.

Implicâncias e provocações entre dois funcionários de uma peixaria do Mercado Municipal terminou em morte. Cansado de ser agredido, Rafael Marcos Vanderlan, 22 anos, matou a facadas Rodrigo Alves Fernandes Romano, da mesma idade, às 7h15 de sábado. Após o crime, Rafael correu até a Rodoferroviária e se entregou à Polícia Militar.

O assassinato surpreendeu os companheiros de trabalho dos dois envolvidos e os clientes que começavam a chegar ao mercado. Conforme relato de uma testemunha, Rodrigo, com porte físico avantajado, agrediu Rafael e jogou-o contra caixas de frutas no corredor do mercado. "Ele acuou o Rafael nas frutas, com socos. Foi aí que ele puxou a faca", relatou Roberto Hernan Bastias Medina, 19. Ferido, Rodrigo conseguiu correr para dentro da peixaria antes de morrer em meio a uma grande poça de sangue.

Provocação

De acordo com levantamento preliminar da perita Solange, a vítima recebeu um golpe nas costas, outro na axila, o terceiro no pescoço e um de raspão no queixo. "Ele se defendeu com a faca, para mim foi legítima defesa", avaliou Roberto. A arma tinha cerca de 25 cm de lâmina e era usada no trabalho na peixaria.

As provocações de Rodrigo contra Rafael vinham há tempos, conforme relatado pelos companheiros de trabalho dos dois. "Eram bobeiras. Ele dava tapas por qualquer motivo", comentou Roberto. Na quinta-feira, porém, os dois brigaram e Rodrigo teria ameaçado dar uma surra em Rafael.

"Toda vez que ele me ver, vai me bater?", perguntou Rafael a Roberto, ao tomar conhecimento dos comentários de Rodrigo. Ele tinha acabado de chegar ao mercado e iria trocar de roupas para iniciar o expediente. Acredita-se que ele tenha se preparado para responder à agressão no vestiário.

O caso foi atendido pelos investigadores Lopes e Lima, da Delegacia de Homicídios, que anotaram as primeiras informações dadas pelas testemunhas. O autor foi encaminhado, por policiais militares do posto da Rodoferroviária, à Central de Polícia e posteriormente à Central Integrada de Atendimento ao Cidadão -Norte (Ciac), anexa ao 3.º Distrito Policial (Mercês).