A tenente-coronel Rita Aparecida de Oliveira assumiu ontem a Diretoria de Inteligência, um dos cargos mais importantes da Secretaria Antidrogas de Curitiba. A solenidade foi feita no auditório da Secretaria com a presença de dezenas de autoridades civis e militares.

Há mais de trinta anos na Polícia Militar do Paraná, Rita Aparecida foi uma das mulheres de destaque na corporação nos últimos anos. Em 2009, assumiu o comando do Batalhão de Patrulha Escolar.

Atualmente na reserva remunerada, ela recebeu o convite do secretário Antidrogas e delegado de Polícia Federal, Fernando Francischini, para assumir o cargo.

A Diretoria de Inteligência é responsável por vários programas desenvolvidos pela Antidrogas, entre eles a Rede de Colaboração Curitibana e Metropolitana. A Rede é formada por mais de quatro mil lideranças comunitárias capacitadas pela Antidrogas.

Elas colaboram com a elaboração de denúncias e informações sobre tráfico de drogas e diversos tipos de crimes. Além da Rede de Colaboração, a Diretoria de Inteligência gerencia o projeto Salomão software criado para receber as denúncias anonimamente.

O secretário Antidrogas de Curitiba, Fernando Francischini, ressaltou a importância de uma mulher assumir o cargo. “Representa o nosso reconhecimento a todos os policiais que lutam diariamente para livrar os nossos jovens das drogas”, afirmou.