O segurança Edson Lourenço, 35 anos, e sua irmã Ilda Lourenço, de 33, estiveram ontem na redação da Tribuna para assegurar que não têm envolvimento no tráfico de drogas que está ocorrendo na Moradias Cajuru, no bairro Cajuru, conforme foi denunciado por alguns moradores, recentemente.

Edson disse que para manter sua família tem dois empregos: “meu irmão está preso por tráfico no 11.º DP, porque guardou droga e arma para alguém em sua casa. Mas eu não tenho nada a ver com isso”, justificou.