Seis pessoas foram presas na madrugada desta segunda-feira (29) em duas ações diferentes da Polícia Federal de Cascavel, no combate ao contrabando de cigarro do Paraguai para o Brasil.

A primeira ação policial ocorreu no município de Lindoeste, onde foi interceptado um caminhão com placa de São Leopoldo/RS com aproximadamente 250 caixas de cigarro. Nessa operação seis pessoas foram presas. Eles estavam no local que servia como depósito da mercadoria.

Outra investida dos federais contra os contrabandistas ocorreu, na localidade de Arroio Guaçu, município de Mercedes. Na propriedade de um político que já foi vice prefeito e secretário municipal foi encontrado um caminhão com placas de Cascavel carregado com cerca de 400 caixas de cigarro.

O veículo estava escondido entre pés de eucaliptos, mas isso não foi suficiente para despistar os policiais que já monitoravam o local, conhecido por ser bastante utilizado por contrabandistas de cigarro e outras mercadorias que chegam ao Brasil através do lago de Itaipu, depois de embarcadas na margem paraguaia do reservatório.

O proprietário da área rural foi procurado pelos agentes, mas não foi encontrado. O cigarro apreendido, juntamente com os caminhões, foram encaminhados à Receita Federal, enquanto que os presos levados a cadeia pública local.