Alberto Melnechuky
Gol, após colisão com Celta,
foi parar em cima da calçada.

A esquina das ruas Brasílio Itiberê e 24 de Maio voltou a ser local de acidente, apesar de o cruzamento ter semáforo. De nada adiantaram as proteções de cano colocadas em frente a um bar. O Gol placa IFD-4030 e o Celta AMN-3997 as destruíram por volta das 22h30 de segunda-feira. Apesar do estrago, os condutores dos veículos sofreram ferimentos sem gravidade.

Mauro Sérgio Viana, 31 anos, que conduzia o Gol, e Ruben Petry Carbente, 36, que estava na direção do Celta, foram encaminhados pelo Siate ao Hospital Evangélico. De acordo com os soldados M. Machado e José Luiz, do Batalhão de Polícia de Trânsito, não foi possível apurar o responsável pelo acidente. "Os dois estavam atordoados e não conseguiram contar o que houve", explicou Machado.

Pela posição dos carros, pressupõe-se que o Gol descia a 24 de Maio. Ele foi atingido na lateral direita e tombou com as rodas na parede do bar da esquina. O Celta, com a frente destruída, também derrubou uma das proteções, e parou próximo do outro veículo, mas na Brasílio Itiberê.