Vítima foi agredida e
arrastada por vários metros.

Só vestia cueca azul o homem encontrado morto às 9h30 de ontem, sob um barranco na Rua São José, Vila São Judas Tadeu, em São José dos Pinhais. A vítima, não identificada e de aproximadamente 25 anos, levou pedradas na cabeça e foi arrastada pelos assassinos.

O local exato do crime estava a 20 metros do corpo: uma poça de sangue marcava a grama. A partir dali começava o rastro largo e contínuo, indicando que a vítima fora puxada até o barranco.

Um moradora da mesma rua, que se identificou apenas como Irene, disse ter ouvido uma algazarra no bairro no começo da madrugada de ontem. “Conversavam alto e vinham para lá e para cá. Uns 20 minutos depois, aos 30 minutos da madrugada, escutei três tiros”, contou a mulher, que reclamou da violência crescente na região.

A fato de o homem estar apenas de cuecas num dia frio intrigou a polícia. “Devem tê-lo tirado da cama”, acredita o soldado Bengozi, do 17.º Batalhão da PM. Investigadores da Delegacia de São José dos Pinhais estiveram no local do crime colhendo as primeiras pistas para elucidá-lo.