Um sexteto foi preso numa fábrica de refino de cocaína no Umbará, na tarde de terça-feira. O grupo foi surpreendido por policiais da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), enquanto produzia droga numa casa, que funcionava como laboratório. Na residência, foram apreendidos 900 gramas de pasta-base suficiente para produzir 6 quilos da droga, com valor estimado de R$ 200 mil.

Fabiano Roberto de Souza, 33 anos; Abel Roque Ferreira de Mello, 41; Adauto Ramos Fonseca, 40; Júlio César da Silva, 26; Rodrigo Rodrigues, 29, e Jonathan dos Santos, 23, foram autuados por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse de objetos para produção de drogas. A polícia procura por dois suspeitos de integrar o bando: Cosme Bardini de Lima, o “Véio”, e Marcelo Fabian Senches, o “Alemão”. O delegado Rodrigo Brown de Oliveira, titular da DFR, explicou que os policiais chegaram até o grupo ao investigar o paradeiro de um foragido da Justiça.

Andamento

Sobre o suspeito Abel Roque Ferreira de Mello, após a tramitação das investigações, o Ministério Público entendeu por não denunciá-lo. O inquérito policial em relação a ele foi, então, arquivado.

Divulgação/Polícia Civil
Polícia está atrás de Cosme e Marcelo.