Policiais da Delegacia de Homicídios e peritos do Instituto de Criminalística estiveram, no início da tarde de ontem, na Rua José Maria Zabeski, Santa Felicidade, em uma casa em construção. Eles foram recolher pistas sobre o desaparecimento de João Anílson Pereira da Silva, 21 anos, que está sumido desde 11 de dezembro de 2002 e há suspeita de que tenha sido assassinado naquele endereço. Na casa foi encontrado um sofá com manchas de sangue e evidências de ter sido lavado. Esse móvel era usado por um dos suspeitos de ter participação no desaparecimento do jovem.

No último dia 8 surgiu uma nova informação para dar suporte às investigações. A vítima pode ter sido morta e enterrada na área em construção, por um dos serventes de pedreiro – conhecido por “Magrão” – que trabalhava na obra. O motivo seria um pequeno furto e o suspeito está desaparecido.