O funcionário público José Carlos de Souza, 44 anos, morreu atropelado na noite de sexta-feira, na CIC. Ele teria sido empurrado para a rua por alguém que tentou assaltá-lo. Caído no asfalto, na Rua Orestes Thá, foi atropelado por um carro que não conseguiu desviar.

De acordo com o tenente Sperka, do Batalhão de Polícia de Trânsito, o caso ocorreu por volta das 20h. Acredita-se que José, morador da região, sofreu uma tentativa de roubo quando passava por uma ponte de madeira, que dá acesso à Rua Orestes Thá. Teria tentado brigar com o ladrão, que o empurrou.

Daniel Ramos, 40 anos, passava pelo local com seu Gol placa GVR-0712. Quando viu José caindo, jogou o carro para o lado. Mas a manobra não foi suficiente para desviar do corpo e a roda do automóvel passou por cima da cabeça do funcionário público. José morreu na hora.

A pessoa que supostamente brigava com a vítima desapareceu. O caso foi levado à Delegacia de Delitos de Trânsito, que abriu inquérito para apurar as circunstâncias do atropelamento.

Daniel fez o exame de bafômetro, que deu negativo. Segundo familiares da vítima, José era funcionário da prefeitura de Curitiba há 21 anos. Gozava de seus últimos dias de férias antes de retornar ao trabalho.