Fábio, Leandro e Adevanir,
suspeitos de roubos.

Quase que por “acaso” a Polícia Militar prendeu três acusados de assaltar uma pizzaria no Jardim das Américas. Um carro abandonado e um táxi manobrando de forma suspeita levaram à cadeia Fábio Mianti de Oliveira, 21 anos, Adevanir Romagnoli, 22, e Leandro Ferreira da Silva, 20.

A ação começou à 1h de ontem, quando policiais do 17.º Batalhão souberam que um Golf foi abandonado na Avenida Rui Barbosa, bairro Afonso Pena, São José dos Pinhais. Na verdade, havia um homem dormindo no carro, dentro do qual estavam duas pistolas e uma carteira com documentos. O vigia de uma loja próxima contou que, minutos antes, outros dois homens deixaram o veículo.

Neste instante, o motorista de um táxi passou e fez uma manobra brusca para desviar, parecendo ter se assustado com a presença da polícia. Uma viatura foi atrás, informou-se que os passageiros foram deixados no caminho e os prendeu na BR-277. Seriam os mesmos que haviam saído do Golf.

Reconhecidos

Ao mesmo tempo em que perguntava sobre a origem das armas e da carteira, a PM soube que às 23h de quarta-feira houve o assalto à pizzaria, perto do Centro Politécnico. Os autores tinham características físicas semelhantes às dos detidos. “As vítimas foram à delegacia e reconheceram os três. Havia umas 10 pessoas na pizzaria”, contou o superintendente Everson, da delegacia de São José dos Pinhais. Segundo o policial, há a suspeita de que o mesmo trio tenha assaltado uma estação-tubo próxima ao estabelecimento, ainda na noite de quarta.

Com os suspeitos a PM apreendeu R$ 61,01 em dinheiro e dois talões de cheques de terceiros. Leandro já respondeu inquérito por assalto, e os outros não tinham passagem pela polícia. Todos foram autuados em flagrante por roubo na delegacia de São José dos Pinhais.