O delegado titular da 17.ª Subdivisão Policial (SDP) de Apucarana, José Aparecido Jacovós, apresentou à imprensa Everton Rafael Ribeiro, o “”Costelinha””, 22 anos, suspeito de um homicídio contra Anderson Gomes dos Santos.

O crime ocorreu no dia 14 de janeiro deste ano quando a vítima teria sido executada com tiros no tórax e na cabeça. Na época do assassinato, o suspeito era investigado pela prática do crime de tráfico de drogas. De acordo com investigações, “”Costelinha””, já teria participado de um latrocínio, quando ainda era menor de idade.

Latrocínio

O professor e chefe do Núcleo Regional de Educação de Apucarana, Roberto de Oliveira Santos, 57 anos, o ““Robertinho””, foi morto com dez facadas por Ribeiro e mais dois jovens, no dia 10 de junho de 2007.

Após o crime, foram roubados o carro do professor, um Audi A-3. e uma pasta com documentos que ele costumava levar ao Núcleo, para trabalhos extraordinários nos fins de semana. Pouco tempo depois o veículo foi localizado pela polícia em uma estrada rural no município de Arapongas.