Suspeito de envolvimento no assassinato de Maikon de Souza dos Santos, 22 anos, em 11 de abril, em uma lan house no Alto Boqueirão, Vagner Gomes, da mesma idade, foi inocentado pela Justiça. Ele tinha sido preso em flagrante logo após o crime, acusado de ajudar os dois atiradores a cercar a vítima. Porém, na fase judicial, não surgiram provas que ligassem Vagner ao crime.

Conforme foi relatado por testemunhas, os atiradores são Kleber Rodrigo Moreira de Campos e outro rapaz identificado como Diego “Pufe”. Ambos ameaçavam a vítima havia algum tempo e o crime teria sido motivado por vingança. Kleber foi preso mês passado, acusado de assaltar uma padaria, no Boqueirão.