Vingança é apontada pela polícia como causa de morte de Maicon de Souza dos Santos, 22 anos, que levou três tiros, no início da tarde de ontem (11), ao sair de uma lan house, na Rua Coronel Américo Walger, Alto Boqueirão. Um suspeito do crime foi detido pela Guarda Municipal nas proximidades e levado ao 7.º Distrito Policial (Hauer). De acordo com o delegado Agenor Salgado, Maicon estaria na “lista negra” de um rapaz chamado Rodrigo, que teve o irmão assassinado há cerca de dois anos na Vila Pantanal.

Por volta do meio-dia de ontem, Rodrigo foi ao encontro de Maicon, acompanhado de um rapaz, identificado como Diego, e de Vagner Gomes, 22. Maicon foi chamado para fora da lan house e, quando saiu, foi baleado. Testemunhas contaram à polícia que os tiros foram disparados por Rodrigo e Diego. Vagner teria apenas ajudado os comparsas a cercar a vítima.

Os atiradores conseguiram fugir e Vagner foi detido. Maicon foi atendido pelo Siate, mas morreu a caminho do hospital. Um dos disparos acertou o carro de um morador da região. O veículo foi encaminhado para a perícia. Vagner foi autuado em flagrante como co-autor do crime.

Vingança

Depois que teve o irmão executado, Rodrigo e seu grupo teriam feito uma lista com nome de integrantes do grupo rival marcados para morrer, entre eles Maicon. O delegado não soube dizer o motivo da morte do irmão de Rodrigo, pois o caso era investigado pela Delegacia de Homicídio.