Um suspeito de ter assassinado o soldado James Wilson Camargo, 39 anos, foi preso na manhã de ontem. De acordo com familiares do detido, ele estava em casa, no Jardim Monza, em Colombo, quando a polícia chegou. A Polícia Civil não quis passar mais detalhes sobre a prisão. O rapaz, que foi levado à delegacia, cumpria pena em regime aberto e estava com uma tornozeleira eletrônica, de acordo com fontes da PM.

James foi morto foi morto às 20h23 de terça-feira, dentro de um Celta vermelho, no pátio de um posto de combustíveis na BR-116, na Vila Zumbi dos Palmares, em Colombo. O autor do crime estaria de regata vermelha e fugiu em um carro. 

O crime aconteceu cinco minutos depois de outro policial ser assassinado no Sítio Cercado. Nilson Pinheiro da Veiga, 38, foi morto com 13 tiros, às 20h18, dentro de um Pálio, na Rua Doutor Levy Buquera, no Sítio Cercado. Os autores estariam em uma moto e teriam apenas se aproximado do veículo.