Divulgação/PM
Corpos foram jogados da ponte.

Claudinei Bueno Ieger, 19 anos, e Joceliano Nocera Bueno e Ralf dos Anjos da Silva Camargo, ambos de 20 anos, foram presos em flagrante. Eles são suspeitos de ter matado um casal de professores na madrugada de sábado, em Ventania, cerca de 100 quilômetros de Ponta Grossa, além de roubar veículos na região. A Polícia Militar já investigava a ação do trio desde 10 de dezembro, quando começaram assaltos na PR-090.

Os professores Cláudio e Valdenir voltavam de uma festa quando foram abordados pelo trio. ?Geralmente eles levavam a vítima junto e a abandonavam, no entanto, eles foram reconhecidos pelos professores?, contou o cabo Barreto. O carro das vítimas foi queimado e o casal foi levado até a ponte do Rio Águas Claras e jogado de uma altura de mais de 50 metros. Os corpos só foram encontrados no dia seguinte.

Prisão

Na tarde de segunda-feira, os policiais abordaram os suspeitos e encontraram, na casa de Claudinei, vários produtos de furto de outros assaltos, uma espingarda e um revolver calibre 32. Na casa de Ralf, foram apreendidas mais duas espingardas, placas de um Astra roubado há alguns dias e documentos de veículos. ?Ralf assumiu que haviam matado o casal de professores?, concluiu Barreto. Os três foram encaminhados para a delegacia de Tibagi.