Policiais da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), núcleo de Pato Branco, prenderam, segunda-feira (27), quatro suspeitos de tráfico de drogas e apreenderam com eles 250 pedras de crack. O delegado Adriano Chohfi, da Denarc de Pato Branco, disse que o grupo já era investigado há algumas semanas.

Cleomar Santi, 27 anos, residente em Abelardo Luz (SC), foi o primeiro a ser detido. Ele foi abordado na saída de uma chácara na PRT-280, saída da cidade de Mariópolis, com 170 pedras de crack. Segundo a polícia quem forneceu a droga teria sido João Maria Rodrigues da Rosa, 28, que foi preso em sua residência. Também está detida a esposa de Rosa, Julia Graciele da Silva, 18 anos, surpreendida pelos policiais tentando esconder 80 pedras da droga embaladas e prontas para venda.

Ainda de acordo com o delegado, a quarta pessoa presa chegou ao local durante a abordagem da polícia. Fernando Pizzatto de Morais, 19 anos, é acusado de ajudar Rosa na distribuição de drogas em Pato Branco e região.

“As investigações que levaram a essas quatro prisões estavam sendo feitas há algumas semanas e apontavam para uma quadrilha que distribuía drogas em Pato Branco e região e também em Santa Catarina. Para não chamar a atenção eles usavam uma chácara fora da cidade como ponto de venda”, relatou o delegado.

Os quatro detidos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e encaminhados para a cadeia da 5.ª Subdivisão Policial de Pato Branco, onde estão à disposição da Justiça. No total foram apreendidas 250 pedras de crack, uma balança digital de precisão e R$ 435 em dinheiro.