Preso por estuprar a amiga da filha, Quelvis Ferreira de Souza, 39 anos, confessou que manteve relação sexual, mas alegou que teve o consentimento da garota, de 16 anos. O crime aconteceu no Jardim Palmeira, em Campo Largo. De acordo com o superintendente Juscelino Bayer, a jovem afirma que foi forçada a fazer sexo. A polícia aguarda o laudo do exame de conjunção carnal.

Na noite de segunda-feira, Quelvis estava em casa com a filha mais velha, o neto de um ano, a filha adolescente e a amiga dela, quando a criança passou mal e precisou ser encaminhada ao hospital. Ele retornou para casa e fez sexo com a garota. Depois, foi ao pronto-socorro para buscar os parentes, mas foi preso.