Um táxi que estava abarrotado com anabolizantes e medicamentos do Paraguai foi apreendido na madrugada desta terça-feira (27), em Campina Grande do Sul, Região Metropolitana de Curitiba. O motorista seguia em direção a São Paulo, com uma passageira de 55 anos, mas a viagem foi interrompida quando eles foram flagrados em uma fiscalização da Polícia Rodoviária Federal, na BR 116.

Os medicamentos estavam em caixas que lotavam todo o porta-malas e interior do táxi. Tanto a passageira quanto o taxista foram detidos e encaminhados à Sede da Polícia Federal, em Curitiba, assim como o táxi e os medicamentos.

Ainda não foi possível saber a quantidade total de medicamentos apreendidos, pois a contagem ainda está sendo feita, desde a madrugada. Estima-se que passe de cem mil unidades, entre ampolas e comprimidos. Nas caixas havia anabolizantes, queimadores de gordura corporal, estimulantes sexuais e abortivos. O valor total da carga pode passar de um milhão de reais.