O número de assaltos a taxistas em Ponta Grossa tem preocupado a polícia local. Em menos de uma semana foram quatro crimes desta natureza e uma das vítimas foi baleada. Somente na madrugada de ontem, foram dois assaltos, provavelmente realizados pelas mesmas pessoas. A Polícia Militar já possui algumas pistas dos bandidos.

Dois assaltos aconteceram em intervalo de poucas horas, na madrugada de ontem, e ambos tiveram a participação de uma mulher. Ela foi descrita como jovem, morena, baixa e gorda, e muito violenta, pois incitava os comparsas a atirar contra a cabeça de uma das vítimas.

No primeiro, pouco depois da meia-noite, o taxista foi rendido por um quarteto e depois abandonado em um matagal da Estrada Velha para Castro. Duas horas depois, a mulher agiu na companhia de mais um homem para roubar o um taxista com ponto na Praça Getúlio Vargas. A vítima reagiu e entrou em luta corporal com os assaltantes. Na confusão o Monza bateu no meio-fio e estourou um pneu. Mesmo assim, sob ameaças, ele seguiu viagem e foi liberado, depois de entregar o celular, 15 reais e uma jaqueta aos bandidos.