Dois detentos foram baleados durante tentativa de fuga frustrada na Penitenciária Central do Estado (PEC), em Piraquara. O caso aconteceu por volta das 2h10, poucas horas antes da solenidade de inauguração do novo prédio da penitenciária com a presença do governador Beto Richa e outras autoridades.

A Polícia Militar confirmou, por meio de sua assessoria de imprensa, que dois detentos, ainda não identificados, foram baleados nas pernas e foram encaminhados ao hospital Angelina Caron. De lá, eles seguiriam para o Complexo Médico Penal.

Ainda de acordo com informações da PM, a fuga aconteceu numa das galerias da PCE. Os dois presos usaram terezas (cordas feitas com lençóis) para atravessar o pátio.

A guarda dos presos percebeu a fuga e soltou o alerta. Policiais do Batalhão de Polícia de Guarda, da PM, tentou conter a fuga, mas os presos se esconderam. Quando foram localizados, eles tentaram agredir os policiais com estoques (armas improvisadas). Os policiais reagiram e dispararam, acertando os fugitivos, que foram encaminhados pelo Siate ao hospital.

Às 11h de ontem, o governador Beto Richa e a secretária da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Maria Tereza Uille Gomes, participaram da inauguração do novo prédio da PCE. Na solenidade, eles anunciaram a transformação do antigo prédio da PCE em estabelecimento penal feminino, com capacidade para até 588 presas.

A reportagem tenta contato com a assessoria de imprensa da Secretaria de Justiça (Seju) para obter mais detalhes sobre o caso. Os presos seriam transferidos à tarde para o novo prédio.