Uma caminhonete S10 roubada há dois dias foi perseguida por policiais militares do serviço reservado, com apoio do helicóptero da corporação, no bairro Água Verde, na tarde desta quarta-feira (22). Depois de bater o veículo, os marginais o abandonaram e tentaram se esconder no cemitério. Um deles, famoso no meio policial, foi capturado. O outro conseguiu fugir.

Por volta das 15h30, ao receberem a informação de que a S10 roubada estava circulando no bairro, os policiais iniciaram a perseguição. Depois de colidir em um Marea, a caminhonete foi abandonada na Rua das Palmeiras.

O suspeito capturado no Cemitério Água Verde foi identificado como Keoma Alves dos Santos, 27 anos. Ele é conhecido entre os policiais como o “Terror da Vila Torres”. O rapaz é suspeito de pelo menos quatro assassinatos e era um dos líderes do tráfico de drogas na região do Prado Velho. Ele foi encaminhado à Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV).