Assalto a uma residência em Araucária acabou mal para dois jovens, às 19h de ontem. Com o carro roubado da família, durante a fuga, eles se envolveram em um acidente de trânsito no Umbará e deixaram duas pessoas feridas. Em seguida, fugiram a pé até uma escola onde trocaram tiros com a polícia. Um deles morreu no pátio, pouco antes da aula começar, e outro conseguiu fugir.

Pouco tempo antes do confronto, os dois bandidos, armados, invadiram a casa, renderam os moradores e os deixaram amarrados. Para fugir, levaram a Zafira placa AKA-8562 e seguiram para o Umbará. A Polícia Militar foi avisada e iniciou patrulhamento. Nas proximidades da Rua Nicola Pellanda o carro foi encontrado e iniciou-se a perseguição.

Acidente

Os bandidos seguiram pela Rua Bortolo Pellanda e, na esquina com a Rua Pedro Picussa, bateram de frente com um casal que estava na moto Titan, ARE-2279. Os dois marginais perderam o controle do carro, bateram em um monte de pedras e fugiram a pé. O casal que estava na motocicleta ficou gravemente ferido, a mulher teve uma fratura na perna. O Siate encaminhou os dois para o Hospital do Trabalhador.

Enquanto as vítimas eram socorridas, os policiais continuaram a perseguição aos marginais. Eles correram por aproximadamente duas quadras, até o Colégio Estadual Luiz Carlos de Paula e Souza, na Rua Guilherme Mehl. Um deles invadiu a instituição e o outro conseguiu fugir.

Dionísio, morador da região, ouviu três tiros. “Estava em casa e ouvi dois tiros, em seguida, mais um. Depois aconteceu uma correria no colégio. Daí fiquei sabendo o que estava acontecendo. Nunca tinha visto tantas viaturas juntas”, contou o morador.

Os policiais militares preferiram não dar declarações no local e confirmaram que um revólver foi apreendido e seria encaminhado para o Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac), anexo ao 8.º Distrito Policial (Portão).

Fábio Alexandre
Antes, bateram carro roubado em moto e casal ficou ferido.