Dois tiros puseram fim às andanças de ?Julie? pelas madrugadas curitibanas. O travesti,conhecido por este nome, foi assassinado às 3h15 de ontem, na Rua Douglas, esquina com Rua Meireles, invasão Terra Santa, no Tatuquara. Ninguém sabe os motivos ou a autoria do crime.

Quando foi morto, ?Julie?, que tinha aproximadamente 20 anos, vestia top cor-de-rosa, calça jeans e calcinha preta. Ele levou um tiro no braço numa esquina próxima, caminhou exatos 13 metros e caiu no chão. Ali recebeu o segundo e último disparo, com o cano da arma encostado na testa.

A vítima não portava documentos e, segundo moradores da região, tinha o nome de batismo de Cristian. Investigadores da Delegacia de Homicídios estiveram no local do crime, mas não descobriram nenhuma pista adicional.