Estampidos marcaram uma festa de aniversário, realizada numa residência na Estrada das Prainhas, localidade de Porto de Cima, Morretes. Mas não eram fogos de artifício, e sim tiros, que vitimaram três pessoas, às 3h de ontem. A Polícia Militar da cidade socorreu os feridos e deteve dois acusados de envolvimento no atentado.

Todas as vítimas moram em Borda do Campo, em São José dos Pinhais, e desceram ao Litoral para acampar no local da comemoração. A certa altura do festejo começou uma discussão, que, de acordo com informações não confirmadas pela polícia, teria razões passionais. Um homem sacou uma pistola e baleou Emerson Rodrigues, 27 anos, e Márcio Rogério Pigaiani, 23, ambos na cabeça, e Juvenal de Souza, 30, na barriga.

Acionada pelas testemunhas, a PM levou os três ao hospital da cidade – mais tarde, Emerson e Márcio foram encaminhados ao Hospital Cajuru, e Juvenal, ao do Trabalhador, em Curitiba. Dois suspeitos, de 19 e 27 anos, foram detidos e levados à Polícia Civil local. Plantonistas da Delegacia de Morretes disseram que somente hoje o delegado da cidade, Darci Pacheco, irá comentar o caso.