Um triângulo amoroso envolvendo o morador de uma residência no Boqueirão e duas mulheres que viviam pelas ruas do bairro terminou em tragédia na manhã deste sábado (09), quando uma das envolvidas, identificada apenas pelo primeiro nome por Jéssica foi assassinada com três golpes de faca dentro da residência do servente que, às vezes, abrigava uma ou outra mulher em troca de sexo. A principal suspeita de ter esfaqueado duas vezes no rosto e uma vez nas costas a vítima, foi identificada apenas pelo apelido “Veva” e fugiu do local, que fica na Rua Anne Frank, quase esquina com a Rua Lourival João Hauer. 

O motivo da briga entre as duas mulheres mal conseguia falar e dava sinais de embriaguez. Ele disse se chamar Islam da Silva, ter 38 anos e trabalhar como servente. De acordo com Islam, a confusão ocorreu quando ele saiu para ir à padaria. “Eu só tinha ido comprar pão. Na volta, eu comecei a ouvir a gritaria das duas, mas a Jéssica morreu antes de eu chegar”. A equipe do Comando de Policiamento da Unidade (CPU) do 20º Batalhão foi acionada por volta das 9h.

O comerciante Roberto da Silva, que trabalha próximo ao endereço da tragédia, afirmou que as duas eram moradoras de rua. “O dono da casa trazia as duas jovens, ambas na faixa de 20 anos, para se relacionar e acho que uma ficou com ciúmes da outra”, comentou.