Quando participavam de uma confraternização de final de ano, Claudinei Bueno Ieger, 19 anos, Joceliano Nocera Bueno e Ralf dos Anjos da Silva Camargo, ambos de 20 anos, foram presos. Eles são acusados de diversos roubos de veículos e também de ter matado um casal de professores na madrugada do dia 29 de dezembro, na cidade de Ventania, cerca de 100 quilômetros de Ponta Grossa.

A Polícia Militar já estava investigando a ação do trio desde o dia 10 de dezembro, quando iniciaram uma série de assaltos na PR-090.

Na madrugada do dia 29, os professores Claudio e Valdenir voltavam de uma festa, quando foram abordados pelo trio. ?Geralmente eles levavam a vítima junto e abandonavam em seguida em algum local ermo. No entanto, eles foram reconhecidos pelos professores?, contou o cabo Barreto. Segundo ele, o carro das vítimas foi queimado numa localidade rural e em seguida o casal foi levado até a ponte sobre o Rio Águas Claras e jogado de uma altura de mais de 50 metros. ?Os dois morreram na hora e os corpos só foram encontrados às 15h do dia seguinte?, completou o policial.

Na tarde do dia 31, os policiais fizeram a abordagem e encontraram na casa do Claudinei vários produtos de furto de outros assaltos, uma espingarda e um revólver calibre 32; em seguida, na casa do Ralf, mais duas espingardas, placas de um Astra roubado há alguns dias e documentos de veículos.

?Aos poucos fomos encontrando pistas e eles foram confessando os crimes, até que o Ralf assumiu que tinham matado o casal de professores?, concluiu Barreto.